Siga-me Siga-me
AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS VOCÊ ENCONTRA NO BLOG www.iporagoias.blogspot.com

19 de dez de 2009

DESRESPEITO COM PASSAGEIROS

Proibição em terminais goianos 
faz ônibus deixarem passageiros na rua

  A empresa Viação Xavante, afiliada da Viação São Luis, está enfrentando problemas para parar nos terminais do estado de Goiás, o que tem causado mal-estar a ponto de deixar passageiros na calçada em frente aos terminais ou em postos de gasolina.

A empresa foi interpelada judicialmente por duas concorrentes gigantes do mercado rodoviário do Centro-Oeste: Viação Maia e Araguarina, que decidiram acionar a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e esta, por sua vez, suspendeu as paradas dos ônibus da Xavante nos terminais goianos nas cidades de Aragarças, Iporá e Goiânia.

A medida prejudicou aos passageiros da Xavante que estão embarcando e desembarcando fora dos terminais rodoviários. Uma passageira reclamou que não sabia da proibição e foi obrigada a descer na calçada em frente à rodoviária principal de Goiânia. Ainda sonolenta da viagem, ele teve que descer rapidamente para evitar a fiscalização e acabou pisando de mau jeito e torceu o tornozelo. Outra passageira relembra que em outro dia estava chuviscando e mesmo assim os passageiros foram deixados na calçada ao lado do terminal.

Antes disso, uma jovem que pediu para não ser identificada explicou que o ônibus também não parou na rodoviária de Iporá e deixou os passageiros em outros pontos pela cidade (na rua).

Os motoristas não explicaram o que estava acontecendo e foram até maltratados por alguns passageiros que xingaram protestando contra a situação. A disputa pelas linhas interestaduais é um assunto antigo entre as empresas de ônibus, principalmente aqueles que atravessam o Brasil. As empresas Maia e Araguarina já enfrentaram o mesmo transtorno de não poderem parar nos terminais de Mato Grosso. E agora está sendo com a Viação Xavante que roda para o estado de Goiás e Brasília.

O departamento jurídico da empresa que tem sede em Barra do Garças já entrou na Justiça para recorrer desta proibição junto à ANTT.

Fonte: Olhar Direto
Link Curto:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
POR: Blog Iporá