Siga-me Siga-me
AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS VOCÊ ENCONTRA NO BLOG www.iporagoias.blogspot.com

7 de dez de 2009

SESSÕES DA CÂMARA MUNICIPAL DE IPORÁ COMEÇAM COM PROJETO POLÊMICO

Tem início hoje as sessões legislativas da Câmara Municipal de Iporá, onde estará tramitando o Projeto de Lei que altera a Planta de Valores do Município. É uma matéria do executivo que chama a atenção da comunidade, principalmente em função dos seus reflexos.

Pelo Projeto, os valores devidos do IPTU e ITU sofrerão correções porque a última alteração da planta se deu há nove anos, além do que nesse período a cidade teve grandes movimentações no setor imobiliário com o surgimento de áreas com extraordinária valorização.
Os vereadores da oposição realizaram uma reunião com a imprensa da cidade na semana passada em que colocaram a posição contrária ao projeto, por entenderem que a matéria seria intempestiva, devido a situação econômica do país, já que segundo eles, há uma grande sobrecarga de impostos. Em defesa o prefeito José Antônio alega que, "apesar de ser uma matéria polêmica, o executivo não pode fugir às suas responsabilidades".

O vereador Wesley Barros (PR) nitidamente contrário ao projeto, diz que o envio do somente deveria acontecer somente depois de discutido com a comunidade. Sobre a forma adotada pelo executivo, Wesley radicaliza e diz em entrevista à impresna que os vereadores da base não "sabem nada sobre o projeto". Suélio Gomes (PR) critica o fato dos vereadores não serem informados antecipadamente sobre esse projeto. Os dois vereadores do PR deverão votar contra o projeto, sem colocar nenhuma emenda.
Valdeci Lima (PT) e Devaci Dias (PDT), tentarão apresentar emenda alterando os valores. Devaci Dias informa que tentará reduzir o valor do m2 de construção em 25%, para efeito de cobrança dos imóveis residenciais. Quanto aos valores dos lotes urbanos apresentados na planta, Devaci Dias não se manifestou.

Na sessão de hoje o projeto será apresentado em plenário, devendo começar as votações amanhã. O prefeito conta com cinco vereadores contra quatro da oposição o que deverá garantir a aprovação.

Link Curto:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
POR: Blog Iporá